sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Níveis de Vitamina D estão relacionados ao desenvolvimento de Pré–Diabetes



A revista Diabetes Care publicou no final do ano um artigo interessante mostrando que baixos níveis de vitamina D (VitD)no sangue estariam associados ao desenvolvimento de pré-diabetes.
Estudos em animais demonstrou que baixo nível de VitD poderia alterar a síntese e secreção da insulina. No estudo atual avaliaram em seres humanos a relação desta vitamina e a evolução para o pré-diabetes. O pré-diabetes é a fase que antecede o diagnóstico de diabetes, porém já existe risco de desenvolver complicações decorrentes do diabetes, além de risco maior de evoluir para p DiabetesMellitus tipo 2 (DM2). Por outro lado, o tratamento precoce e intensivo nesta fase têm se mostrado eficaz em retardar ou mesmo prevenir o DM2.

A VitD é sintetizada a partir da pele, através da exposição solar, e também pode ser encontrada em alguns alimentos como peixes de água fria (salmão, bacalhau e atum), leite e derivados, ovos e carnes. Hoje em dia a deficiência desta vitamina está cada vez mais frequente, seja porque nos expomos menos ao sol, por temor aos seus efeitos nocivos, seja por alimentação errada. A dose diária recomendada varia com a idade e deve ser monitorada pois o excesso, a hipervitaminose D, pode intoxicar o paciente.

Apesar do estudo demostrar que baixos níveis desta vitamina estão associados ao desenvolvimento de pré-diabetes, ainda não esta confirmado de a suplementação desta vitamina poderia retardar ou prevenir o aparecimento do DM2.

Veja abaixo a tabela de alimentos ricos em VitD

(http://dx.doi.org/10.2223/JPED.1816)