domingo, 6 de março de 2011

Comida Chinesa e o Diabetes

Comida Chinesa e o Diabetes

Como você pode ficar saudável e ainda assim apreciar comida chinesa? 
Sabemos que a refeição chinesa é muito rica em gordura e carboidratos. Este fato trás muitas dúvidas no momento que optamos por ingerir esta refeição.
O segredo é planejar de antemão e escolher de forma sábia.
Escolha alimento ricos em fibras, vitaminas, minerais, e com baixo teor de gordura. Boas escolhas são pratos com FEIJÃO, ERVILHAS, TOFU, BROTO DE FEIJÃO E VEGETAIS VERDE-ESCUROS COMO BRÓCOLIS CHINÊS, AGRIÃO, CHUY-SUM, CHIVAS, FEIJÕES COMPRIDOS E AMARANTO.

Vegetais ricos em ferro como cogumelo chinês, alga marinha e fungo preto são boas opções. Você pode ingerir feijões de todas as cores em sopas ou sobremesas com adoçante artificial. Batata doce é rica em fibra e muito nutritiva. Pode ser fervida ou transformada em sobremesas. Farinha de trigo integral, pão de centeio e pão de milho são boas fontes de fibras e saudáveis para qualquer pessoa, não só o diabético.

Cuidado com pratos carregados de banha de porco como os bolos-de-lua. Do mesmo modo, atente-se para alimentos ricos em gordura e colesterol como temperos chineses feitos a base de lombo de porco, de fígado de porco ou de pato e porcos ou carne de porco e patos assada.

Evite alimentos ricos em sal como ovos de patos salgados e peixes salgados. Para pessoas que gostam de bolinhos, escolha os cozidos ao invés dos fritos e limite sua ingestão a 5 ou 6 porções no almoço. Escolha vegetais frescos ou cozidos no vapor. Quando fritos, prefira utilizar óleo a base de girassol ou canola.

Os vegetais e sementes devem ocupar a maior parte do seu prato, mas deixe espaço para carne, aves ou peixe. Antes de preparar o frango, tire a pele. Para variar, tente peixe cozido no vapor com alho e cebola com óleo de canola e pouco sal.

E a sobremesa? É difícil ganhar da salada de frutas a base de papaya, peras, maças, laranjas , ameixas , manga e lichia. Frutas são excelentes fontes de vitaminas, minerais e fibras, além de não terem calorias. Lembre-se que todos nós, independente de ter diabetes, devemos ingerir 4-5 porções de frutas por dia. Quando for comer uma sobremesa rica em gordura, ingira em pequenas porções.

Em relação à bebida, experimente água, e chás sem açúcar. Adicione um pouco de limão para dar sabor. Evitar bebidas a base de mandioca, pois são ricas em carboidratos. Mas se não puder evitar, ao menos ingira com adoçantes.

Se optar por bebidas alcoólicas, limite sua ingesta a uma dose por dia para mulheres e duas doses se for homem. Beba acompanhado de comida sempre.

Resumindo: 1. Planeje sua alimentação
                    2. Aumente sua ingesta de vegetais
                    3. Escolha alimentos com alto teor de fibras e baixo teor de gordura
                    4. Diminua o sal
                    5. Escolha sabiamente a sobremesa
                    6. Limite a ingesta de álcool e não ingira bebidas adocicadas
                    7. Faça a auto-monitorização da glicemia para saber se a quatidade do alimento esta adequada para seu organismo
Planejando com antecedência sua alimentação, você consegue manter sua glicemia sob controle. Se precisar de mais ajuda para preparar seu prato, peça auxílio ao seu endocrinologista ou nutricionista.

Outras dicas para manter sua glicemia estável são aprender sobre as porções, ou seja a quantidade de alimento que você pode ingerir. Também alimentar-se na hora correta e não ficar beliscando fora do horário ajuda a você controlar seu diabetes. Por ultimo, é interessante aprender a fazer a contagem de carboidratos, que auxilia você a acertar a exata dose de insulina ou a não engordar desnecessariamente.

Adaptado de:  NDEP, ADA. 
Adaptação e tradução Bibiana Colenci